sábado, 12 de janeiro de 2013

Sartre

Como se vive?
Responsabilidade
não é ser livre!

Triste, a existência
preceder a essência!

25 comentários:

  1. Limerique

    Era um carinha existencialista
    Que sobre toda a vida dava pista
    Filósofo francês
    Sabia os porquês
    Sartre vivia com Simone, feminista.

    ResponderExcluir
  2. Em poucas palavras explica o pensamento de Jean Paul Sartre.

    ResponderExcluir
  3. Limerique

    Sartre era o Ser e não o Nada
    Sua filosofia uma tijolada
    Recusou o Nobel
    Mostrou seu papel
    Consciente não caía em cilada.

    ResponderExcluir
  4. Eu vim pelo convite deixado no blog de uma amiga
    poetisa.
    Amei.
    Evanir S Garcia.

    ResponderExcluir
  5. O amigo semeia cultura ao escrever poesia.Parabéns.

    ResponderExcluir
  6. O silêncio é reacionário. Que peso esse mestre põe na balança.

    ResponderExcluir
  7. Sempre criativos e inteligentes seus haikais.Abraços!

    ResponderExcluir
  8. Já havia lido outros que escreveu e são todos especiais. Não joga as palavras, simplesmente. Todos tem essência. Abraços!

    ResponderExcluir
  9. Cristiano querido Poeta a filosofia e o hakai dupla perfeita.
    Nas mãos do Poeta deslizam com maestria !
    Um bjde violetas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezada Marli, muita paz pra ti! Agradeço a gentileza de seu comentário!

      Excluir
  10. Oi, Cristiano!
    Estou retomando minha rotina junto ao blog e voltando a rever os amigos...
    A Regina Ragazzi disse tudo!

    ResponderExcluir

Nuvens é um belíssimo livros escrito por Anoldo Pimentel, poeta carioca que nos encanta com seus escritos no blog Haikai nos ventos. Para adquirí-lo mande um email para arnoldopimentel@gmail.com

Prestação editorial independente e distribuição de e-books de poesia & afins

CASTANHA MECÂNICA

Castanha Mecânica é um projeto que visa à livre distribuição e divulgação da poesia através da organização dos poemas em forma de e-book. Toda e qualquer reprodução, parcial ou integral das obras que aqui se encontram são autorizadas pelos autores, desde que a autoria seja devidamente atribuída.

Buscando outro caminho fora do mercado editorial, e, a descobertas de novos nomes da poesia, nos disponibilizamos a uma “prestação editorial” que culmina em livros virtuais que podem ser baixados diretamente do nosso acervo.
Ocorreu um erro neste gadget