quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Tanka de moleque

Pois não estanca
a dor dessa saudade
com esse Tanka

     Eu já fui pequenino
     como é bom, ser menino

Cândido Portinari

     Cristiano Marcell

9 comentários:

  1. Ser menino é a melhor coisa entre todas as coisas...

    ResponderExcluir
  2. Limerique

    Todo mundo que já foi pequenino
    Sabe que crescer é mais que destino
    É perder inocência
    É ter consciência
    Que jamais voltará a ser menino.

    ResponderExcluir
  3. Limerique

    Não adianta fazer salamaleque
    Nem expor à saúde a um cheque
    Quando os anos se vão
    Estamos na contra mão
    Nunca mais nossa vida de moleque.

    ResponderExcluir
  4. Cristiano querido Poeta em teu espaço aprimoro o meu sentir poético.Admirável tua criação!um beijo de violetas

    ResponderExcluir
  5. Também faz tanka com muita mestria.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  6. Cristiano,
    Tudo bom por aqui como sempre...
    Grato pela visita e aquele laguinho de lótus, foi num condomínio aqui em Niterói.
    Abração!

    ResponderExcluir

Nuvens é um belíssimo livros escrito por Anoldo Pimentel, poeta carioca que nos encanta com seus escritos no blog Haikai nos ventos. Para adquirí-lo mande um email para arnoldopimentel@gmail.com

Prestação editorial independente e distribuição de e-books de poesia & afins

CASTANHA MECÂNICA

Castanha Mecânica é um projeto que visa à livre distribuição e divulgação da poesia através da organização dos poemas em forma de e-book. Toda e qualquer reprodução, parcial ou integral das obras que aqui se encontram são autorizadas pelos autores, desde que a autoria seja devidamente atribuída.

Buscando outro caminho fora do mercado editorial, e, a descobertas de novos nomes da poesia, nos disponibilizamos a uma “prestação editorial” que culmina em livros virtuais que podem ser baixados diretamente do nosso acervo.
Ocorreu um erro neste gadget