terça-feira, 27 de março de 2012

Tempo

Eterno

(Mil)lor de  milhões
Me lorde, meu ídolo
minhas saudações


I . Relatividade

São horas sem fim
os segundos, quando tu
sais, bela, sem mim.

Goya


II . Cronos

Sim , me devora 
regurgita-me sempre
antes e agora 
 

III . Ponto de vista

Um "pró" do Tempo
é que ganhamos tempo
do contra-tempo

IV . É tudo

O Tempo é uno
indecomponível e
inoportuno

V. Ambíguo

Como és cruel
Tempo que consegues ser
Inferno e Céu

VI . Capitalista

Não tenho tempo
por que trabalho muito
nesse momento

VII . O Tempo

Não há quem veja
a beleza inteira,
que Ele viceja

Cristiano Marcell

40 comentários:

  1. Bons haicais, Cristiano.
    Um abração.

    ResponderExcluir
  2. Oi, amigo Cristino!
    Que bom te conhecer!
    Teus haicais tem poesia e sabedoria.
    Também gosto muito de fazer haicai, mesmo sendo um pouco laborioso, é prazeroso.

    Parabéns pelo talento!

    Abraços!

    ResponderExcluir
  3. Tens tempo; melhor dizendo: maximizas bem o teu tempo, entre outros atributos, em oportunas e criativas inspirações textuais.
    Abraços , tricolor das ciências exatas; artista das letras e ciências humanas!

    ResponderExcluir
  4. Cristiano,

    belo "buquê" de haicais!

    Todos encantam, mas me encantam "É tudo" e "Capitalista", que surpreendem o leitor e têm humor na medida certa - inteligentemente construídos!

    Abraços!

    ResponderExcluir
  5. Cristiano,
    Sinceramente, nunca pensei que minha "entidade" predileta ensejasse haicais tão majestosos, parabéns. JAIR.

    Essa entidade
    Tempo que mata o amor
    Bolou a saudade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre com um haicai na manga!

      Muita paz, enciclopédico amigo!

      Excluir
  6. Haicais inteligentes para imagem impressionante de Goya.
    Bj

    ResponderExcluir
  7. Adoro seu humor, adorei a homenagem...
    Admiradora!...

    Quando eu crescer quero escrever haicais assim...rs...

    Beijos =)

    ResponderExcluir
  8. Oi, Cristiano!

    Apreciando teus haicais... belos e refelxivos, como sempre.

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  9. caí no haicai, mas não machuquei :), o tempo ergue-nos

    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Levante-se e siga em frente(rsrs)

      Obrigado por passar por aqui, prezada amiga!

      Muita paz!!!!

      Excluir
  10. Perfeito!

    E exato! Conseguistes fazer poesia desse Sr. Implacável, que a tudo e a todos, devora,


    Bjkas

    ResponderExcluir
  11. Cristiano, talentoso amigo,teus haicais são imperdíveis, adoráveis!! Contigo aprendo! Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bondade sua,prezada amiga! Obriado pela gentileza do seu comentário!

      Excluir
  12. os diferentes tempos do tempo. nem ele, senhor implacável, consegue ser absoluto.

    olhar sempre bem agudo, marcell.

    um abraço e toda a minha admiração!

    a imagem de goya é arrepiante, verdade?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado, prezado amigo! Sigamos juntos!

      Excluir
  13. Oi, Cristiano.
    Mto perspicaz e arguto raciocínio!
    Bom fim de semana!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  14. Obrigado, prezada amiga dos haicais alados!

    ResponderExcluir
  15. Cristiano valeu pelo comentário. Camarada, são muito bons mesmo os seus Haicais. Parabéns pela criatividade também!
    Um abraço

    ResponderExcluir
  16. Essa temática anda me assaltando também, o tempo!
    Um momento em que estou completamente consumida por ele. Daí minha ausência.

    Mas como sempre, Marcell, um show de haicai em cada um que cai aqui.

    Abraço!

    ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, prezada amiga! Tê-la aqui é sempre muito bom!

      Muita paz!

      Excluir
  17. Sua criatividade é de arrepiar
    Millor deve estar a regozijar
    Um abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bondade de sua parte, prezada amiga!

      Muita paz!

      Excluir

Nuvens é um belíssimo livros escrito por Anoldo Pimentel, poeta carioca que nos encanta com seus escritos no blog Haikai nos ventos. Para adquirí-lo mande um email para arnoldopimentel@gmail.com

Prestação editorial independente e distribuição de e-books de poesia & afins

CASTANHA MECÂNICA

Castanha Mecânica é um projeto que visa à livre distribuição e divulgação da poesia através da organização dos poemas em forma de e-book. Toda e qualquer reprodução, parcial ou integral das obras que aqui se encontram são autorizadas pelos autores, desde que a autoria seja devidamente atribuída.

Buscando outro caminho fora do mercado editorial, e, a descobertas de novos nomes da poesia, nos disponibilizamos a uma “prestação editorial” que culmina em livros virtuais que podem ser baixados diretamente do nosso acervo.
Ocorreu um erro neste gadget