quinta-feira, 1 de março de 2012

Palavrão

Eu,neste haiku,
digo aos imperialistas:
vão tomar no #$@!

Tio insano
 Cristiano Marcell

23 comentários:

  1. Tá dado o recado. E muito bem dado... Abraços

    ResponderExcluir
  2. Americanos são
    Sempre merecedores de
    Nosso palavrão.

    ResponderExcluir
  3. Qualé meu irmão?
    Aqueles merecem só
    Esse palavrão?

    ResponderExcluir
  4. Não é xenofobia, creia!É achar esquisito aquilo do que eles se utilizam para manter o modo de vida da América!

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Tenho um filho americano, mas nem por isso os acho bonzinhos e humanitários, eles merecem certos xingamentos.

    ResponderExcluir
  7. Xingas com razão
    Esse carinha branquelo
    Rico e bobão.

    ResponderExcluir
  8. Não faz isso. O americanos são "gente boa"; já dizia Churchill: "Os americanos sempre fazem a coisa certa, depois de esgotadas todas as possibilidades".
    Abraços!

    ResponderExcluir
  9. Hai (sim)
    Haikai recado dado
    Arigatô, disse Bashô

    ResponderExcluir
  10. Muito bom!; cabendo tbém substituição para qquer outro 'ista' da preferência de cada um!:)

    ResponderExcluir
  11. Haikai de protesto... sinal dos tempos!
    Abraços!

    .

    P.S.: em minha visita domingueira ao planeta-poético Marte, dei por falta de tua coluna...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela passará a acontecer a cada quinze dias, caro amigo!

      Excluir
    2. Ok, domongo que vem estarei lá!

      Excluir
  12. Palavra exata para uma política inexata...

    ResponderExcluir

Nuvens é um belíssimo livros escrito por Anoldo Pimentel, poeta carioca que nos encanta com seus escritos no blog Haikai nos ventos. Para adquirí-lo mande um email para arnoldopimentel@gmail.com

Prestação editorial independente e distribuição de e-books de poesia & afins

CASTANHA MECÂNICA

Castanha Mecânica é um projeto que visa à livre distribuição e divulgação da poesia através da organização dos poemas em forma de e-book. Toda e qualquer reprodução, parcial ou integral das obras que aqui se encontram são autorizadas pelos autores, desde que a autoria seja devidamente atribuída.

Buscando outro caminho fora do mercado editorial, e, a descobertas de novos nomes da poesia, nos disponibilizamos a uma “prestação editorial” que culmina em livros virtuais que podem ser baixados diretamente do nosso acervo.
Ocorreu um erro neste gadget