quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Paco

Sempre ouvirei
As mãos aracnídeas
de Paco, o Rei

Cristiano Marcell

(Para Paco de Lucia)


6 comentários:

  1. Finalmente Caro Cristiano Marcell
    Uma linda postagem: vídeo e haikai magníficos.

    Bom dia.

    ResponderExcluir
  2. Nos dedos, aranha
    Que deslizam nas cordas
    Mestre não arranha.

    ResponderExcluir
  3. PACO
    Dedos mágicos dedilhavam cordas
    A que ninguém ficava indiferente
    Do violão musicalidade transborda
    Cativando coração de toda gente

    Paco de Lucia esse ibérico talento
    Conquistou mentes com seu violão
    Agora suas notas se vão ao vento
    E dos mestres ele ocupa panteão

    Francisco Sánchez era seu nome
    De origem espanhola portuguesa
    Tornou-se guitarrista de renome

    Deixando a família bem surpresa
    Agora esse talento se vai, some
    Como some sorvete de framboesa.

    ResponderExcluir
  4. Gostei da postagem. Músico de mestre!
    beijo e uma boa semana.
    Graça

    ResponderExcluir
  5. Bom dia Caro Marcell
    Revi, reouvi . Um encanto este post.

    Um abraço.

    ResponderExcluir

Nuvens é um belíssimo livros escrito por Anoldo Pimentel, poeta carioca que nos encanta com seus escritos no blog Haikai nos ventos. Para adquirí-lo mande um email para arnoldopimentel@gmail.com

Prestação editorial independente e distribuição de e-books de poesia & afins

CASTANHA MECÂNICA

Castanha Mecânica é um projeto que visa à livre distribuição e divulgação da poesia através da organização dos poemas em forma de e-book. Toda e qualquer reprodução, parcial ou integral das obras que aqui se encontram são autorizadas pelos autores, desde que a autoria seja devidamente atribuída.

Buscando outro caminho fora do mercado editorial, e, a descobertas de novos nomes da poesia, nos disponibilizamos a uma “prestação editorial” que culmina em livros virtuais que podem ser baixados diretamente do nosso acervo.
Ocorreu um erro neste gadget