domingo, 7 de outubro de 2012

Eleições!

Sem opção

Povo, vote bem!
Todos nos aconselham.
Certo, mas em quem?


Próximo à urna

Na fila, todos
são desesperançosos
com esse engodo

Hipócrita

Podre, enfurna
compra votos dos bestas
boca de urna


Anagrama

Quando o perfeito
troca seu interior
vira prefeito


Cristiano Marcell


10 comentários:

  1. Limerique

    Hoje um dia que nossas ações
    Certamente terão repercuções
    Votemos no imundo
    Ou no vagabundo
    E teremos perdido as eleições.

    ResponderExcluir
  2. Limerique

    Eleições, aquele exato momento
    Que geralmente passa como vento
    De exercermos o poder
    De deixar de eleger
    Aquele candidato que é um jumento.

    ResponderExcluir
  3. Limerique

    Por velha mamata que se disputa
    Milhares de vadios estão na luta
    E nós vamos eleger
    Mesmo sem querer
    Algum candidato filho da puta

    ResponderExcluir
  4. Limerique

    Por alguma injunção soturna
    Dos esconsos de velha furna
    Hoje vamos exercer
    O direito de fazer
    Uma grande merda na urna.

    ResponderExcluir
  5. Limerique

    Honestidade sabemos, não se herda
    Porque em nossa democracia lerda
    Votar numa eleição
    É feito comer refeição
    Depois de um tempo tudo vira merda.

    ResponderExcluir
  6. Limerique

    Primeiro, nas urnas a eleição
    Depois, nas mesas apuração
    Candidatos eleitos
    Agora satisfeitos
    Tudo uma cambada de ladrão.

    ResponderExcluir
  7. Dia de votação.
    Sujeira pelas ruas_
    Gari questiona.

    Um abração amigo.
    Belas inspirações criticas.
    Boa semana

    ResponderExcluir
  8. Adorei as críticas
    e os comentários
    críticos!

    ResponderExcluir
  9. Crítica bem humorada é o melhor que há!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Parabéns inteligente haicaísta.
    Amei.

    Um grande abraço.

    ResponderExcluir

Nuvens é um belíssimo livros escrito por Anoldo Pimentel, poeta carioca que nos encanta com seus escritos no blog Haikai nos ventos. Para adquirí-lo mande um email para arnoldopimentel@gmail.com

Prestação editorial independente e distribuição de e-books de poesia & afins

CASTANHA MECÂNICA

Castanha Mecânica é um projeto que visa à livre distribuição e divulgação da poesia através da organização dos poemas em forma de e-book. Toda e qualquer reprodução, parcial ou integral das obras que aqui se encontram são autorizadas pelos autores, desde que a autoria seja devidamente atribuída.

Buscando outro caminho fora do mercado editorial, e, a descobertas de novos nomes da poesia, nos disponibilizamos a uma “prestação editorial” que culmina em livros virtuais que podem ser baixados diretamente do nosso acervo.
Ocorreu um erro neste gadget