terça-feira, 7 de agosto de 2012

Falando besteira

Fossa

 Não sou o mesmo
depois que me deixaste
ando a esmo

Nutricionista
Que oxímoro!
Doutor, comer salada?
Sou carnívoro!
James Joyce
foi tão medonho
dormi, sonhei e dormi
dentro do sonho
Toxina
A política
assim como a cicuta
é fatídica 
Nicolau Maquiavel, pintura de Santi di Tito
Render-se, nunca!
Fugir da raia
melhor nadar e depois
morrer na praia

Magistério
Um bom professor
aprende com o aluno
a lição: AMOR!



Cristiano Marcell

20 comentários:

  1. Besteira?
    Só por brincadeira...
    Entrando no jogo: 'bestial"! Como diriam nossos irmãos lusitanos...

    Abraços, bons caminhos!

    ResponderExcluir
  2. Cristiano
    Desculpe, no comentário que fiz saiu uma incorreção, aqui está o limerique na sua forma correta:
    Limerique

    Talvez você me ache maluca
    Por tatuar esse ene na nuca
    Mas é para lembrar
    Prá você ir devagar
    Porque por trás você me nachuca.

    ResponderExcluir
  3. Saiu merda de novo, essa correção era para o outro blogue. Quem mandou ter um monte de blogues também? Te vira para corrigir minhas cagadas. Abraços, JAIR.

    ResponderExcluir
  4. Limerique

    O professor sente uma coceira
    De levantar de sua cadeira
    Deixar as chatices
    Publicar sandices
    Coloca então no blogue besteira.

    ResponderExcluir
  5. Gostei de todos, principalmente de 'Toxina.'

    ResponderExcluir
  6. Olá Cristiano,
    Tuas falas são magistrais!
    Um show de belos haicais!!
    Parabéns!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. sequência que se agarra à pele em sedimentação vigorosa. e esse james joyce é apenas a metáfora da vida, verdade? quantas das nossas linhas nos separam de nós mesmos?

    abraço!

    ResponderExcluir
  8. Que venham mais BESTEIRAS assim. Os leitores agradecem... Abraços!!!

    ResponderExcluir
  9. Besteiras? Gostei.
    Dá tempo de fabricar agrotóxico antes das eleições?
    Ainda bem que oxímoro é a nutricionista e não um pastor.

    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  10. Adorei o magistério, ai se todos fossem assim seria tão bom.

    um beijo

    ResponderExcluir

Nuvens é um belíssimo livros escrito por Anoldo Pimentel, poeta carioca que nos encanta com seus escritos no blog Haikai nos ventos. Para adquirí-lo mande um email para arnoldopimentel@gmail.com

Prestação editorial independente e distribuição de e-books de poesia & afins

CASTANHA MECÂNICA

Castanha Mecânica é um projeto que visa à livre distribuição e divulgação da poesia através da organização dos poemas em forma de e-book. Toda e qualquer reprodução, parcial ou integral das obras que aqui se encontram são autorizadas pelos autores, desde que a autoria seja devidamente atribuída.

Buscando outro caminho fora do mercado editorial, e, a descobertas de novos nomes da poesia, nos disponibilizamos a uma “prestação editorial” que culmina em livros virtuais que podem ser baixados diretamente do nosso acervo.
Ocorreu um erro neste gadget