sexta-feira, 25 de novembro de 2011

81.Falando besteira!

Shakespeare

Romeu se mata
Julieta traz queijo
sem goiabada!

Primeiro jantar

Por sob a mesa
meu pé roça no seu
com delicadeza!

Balanço da vida

Bem,ele indaga:
fui por mares fortuitos
ou na descarga?

Professora de inglês

Lição infeliz!
Disse:eu te amo, e ela,
In english, please!

Birosca

Vai pura, mesmo!
A cana que antecede
esse torresmo!

Loooocura

Escrevo um Haiku
Canto o hino nacional
depois, fico nu!
Ciúmes

A bananeira
Deu banana ao vento. Ele
quis a palmeira

Tropeção na calçada

Vi de soslaio
a saia curta dela.
Quase qu'eu caio

Cristiano Marcell

10 comentários:

  1. Cristiano, se é para falar besteira, aí vai:

    Pirâmide social.

    Base, otários
    Lá na ponta do cume
    Milionários.

    ResponderExcluir
  2. Poeta bêbado

    Hai kaipirinha
    Feito na mesa do bar
    Rima fraquinha

    ResponderExcluir
  3. Corno francófono

    O amante nu
    Marido fleumático:
    Comment allez-vous?

    ResponderExcluir
  4. Um banquete hakaísta, aqui diante da minha vista!
    Como bebo, canto, tropeço, mas para a sobremesa eu não desconverso: romeu e julieta na travessa!

    Marcell, tive a oportunidade de escutar a Alice Ruiz, em um painel aqui na Fliporto, se antes eu achava difícil fazer um haikai, hoje eu acho impossível!

    Abração e obrigada pelas palavras delicadas no Canto!
    Eu também gosto muito das obras do Munch, mas como tu, tenho uma saturação (natural) pel´O Grito!

    ResponderExcluir
  5. Boa tarde!!

    Não não macheca, encanta e educa!

    Carla

    ResponderExcluir
  6. além da cirurgia na sétima vértebra
    há de se ter também um olho luminoso
    para que se escreva com tanta sutileza
    ...


    forte abraço,
    camarada.

    ResponderExcluir
  7. Olá Cristiano...

    besteiras??? se todas fossem assim...maravilha né?? rs

    bj no coração
    Lecy'ns

    ResponderExcluir
  8. Cristiano, acho que a tua praia é mesmo letras,especialização em literatura, hein brother.
    Espetaculares os teus haicais.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  9. Um coquetel de haicais
    sem besteirol.

    Um abraço

    ResponderExcluir
  10. Obrigado a todos pela presença!!Inunda-me de lisonja o fato de ter sempre a presença de pessoas detentoras de tanto talento nesse espaço!!!

    Muita paz!!!

    ResponderExcluir

Nuvens é um belíssimo livros escrito por Anoldo Pimentel, poeta carioca que nos encanta com seus escritos no blog Haikai nos ventos. Para adquirí-lo mande um email para arnoldopimentel@gmail.com

Prestação editorial independente e distribuição de e-books de poesia & afins

CASTANHA MECÂNICA

Castanha Mecânica é um projeto que visa à livre distribuição e divulgação da poesia através da organização dos poemas em forma de e-book. Toda e qualquer reprodução, parcial ou integral das obras que aqui se encontram são autorizadas pelos autores, desde que a autoria seja devidamente atribuída.

Buscando outro caminho fora do mercado editorial, e, a descobertas de novos nomes da poesia, nos disponibilizamos a uma “prestação editorial” que culmina em livros virtuais que podem ser baixados diretamente do nosso acervo.
Ocorreu um erro neste gadget